Calor e chuvas irregulares provocam perdas de milho e feijão em SE

Publicado em 15/07/2011 07:35 207 exibições
O feijão não vingou na propriedade de Adonias Santana e a colheita tão esperada não vai acontecer.

Nos meses de maio e junho, período chuvoso na região, as chuvas foram irregulares e a estiagem se deu exatamente nos primeiros dias após o plantio, prejudicando toda a colheita.

Choveu apenas 40 dos 150 milímetros esperados para o período de desenvolvimento da plantação e com a lavoura comprometida, o sentimento do agricultor é um só, o de tristeza.

João Batista esperava colher 180 sacas de milho, mas a lavoura deu um prejuízo de quase R$ 10 mil reais. “Vou ter que vender uma parte do rebanho para pagar o prejuízo do que aconteceu", comenta.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário