Geada formada no Sul não causa danos graves às regiões produtoras de trigo

Publicado em 23/08/2011 08:59 321 exibições
Excesso de umidade sobre as plantações do Paraná, no entanto, podem causar prejuízos.
A forte queda das temperaturas no Sul do Brasil atingiu todas as regiões produtoras de trigo da região. De acordo com a Somar Meteorologia, houve formação de geadas sobre os Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e centro-sul do Paraná que afetou as lavouras de trigo que estavam em fase de florescimento e granação.

Os impactos à produção, no entanto, foram pequenos, uma vez que as temperaturas mais baixas ocorreram no Rio Grande do Sul, onde o produto está na fase inicial de florescimento.

No Paraná, onde mais de 70% das lavouras de trigo estão suscetíveis às geadas, os danos, até o momento, parecem ser pequenos. As temperaturas na madrugada desse domingo, dia 21, e dessa segunda, 22, ficaram em média em torno de 1°C, o que não afeta o desenvolvimento das plantas. Dessa forma, as plantações seguem se desenvolvendo razoavelmente em todas as regiões
produtoras. O único problema possível é o excesso de umidade sobre as plantas, oriundas das chuvas e também do orvalho. As lavouras em maturação, que representam 20% de todas as lavouras plantas nessa safra, sofrem com esse excesso de umidade e com isso a qualidade dos grãos já começam a ser depreciadas, além de elevar as taxas de incidência de doenças fúngicas.

Com relação a produtividade, as lavouras que começam a ser colhidas apresentam valores dentro da média. No entanto, ainda não é possível ter dimensões exatas, uma vez que apenas 2% das lavouras foram colhidas até o momento. A previsão, aponta reduções na produção do trigo esse ano, por causa do excesso de chuva e as fortes geadas ocorridas entre os meses de junho a agosto.

Para essa semana, de acordo com a Somar, são esperadas mais chuvas sobre todos os Estados do Sul, principalmente o Paraná, comprometendo ainda mais a qualidade dos grãos e inviabilizando os trabalhos iniciais de colheita. Já no Rio Grande do Sul, as chuvas previstas serão benéficas ao trigo, uma vez que as plantas começam a entrar na fase de florescimento. As temperaturas devem seguir baixas ao longo da semana, sendo favorável ao trigo.

Tags:
Fonte:
Agência Safras

0 comentário