La Niña: Fenômeno deve ganhar força no hemisfério norte até 2012

Publicado em 09/09/2011 07:54 e atualizado em 05/03/2020 09:58 2166 exibições
O fenômeno La Niña voltou em agosto e deve ganhar força gradualmente no Hemisfério Norte até o início de 2012, de acordo com previsão da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), do governo dos Estados Unidos. "Ainda não está claro qual será a força de fato do La Niña", disse a agência.
 
La Niña é uma denominação dada ao esfriamento da temperatura da água na zona equatorial do Oceano Pacífico, que tem um impacto de longo alcance. A ocorrência oposta é o El Niño, em que há o aquecimento da água do oceano.
 
Nos EUA, o impacto de temperatura e precipitação relacionado ao La Niña deve ser fraco até o início do outono (setembro a dezembro) e depois deve ganhar força no final do outono e no inverno (janeiro a março), disse a NOAA. "Entre setembro e novembro, há evidências de que o fenômeno aumentará as chances de temperaturas acima da média em toda a região central do país, além de precipitações acima do normal na costa do noroeste do Pacífico".
Tags:

0 comentário