Comissão mista da MP do Código Florestal retoma reunião em Brasília

Publicado em 12/07/2012 13:38 468 exibições
A reunião da comissão mista que analisa a Medida Provisória 571/12, que complementa o novo Código Florestal (Lei 12.651/12), foi retomada. Neste momento, o deputado Abelardo Lupion (DEM-PR), lê o voto em separado apresentado por ele à matéria.

A comissão tenta votar o relatório do senador Luiz Henrique (PMDB-SC). Ainda não há acordo sobre o assunto, e deputados ambientalistas e ruralistas, insatisfeitos, fizeram várias críticas ao relatório. O deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO) tentou retirar a matéria de pauta, mas não conseguiu.

No Estadão: MP só vale até 8 de outubro

O relatório do senador Luiz Henrique (PMDB-SC), apresentado ontem na comissão parlamentar mista que analisa a medida provisória do Código Florestal, manteve a exigência de que grandes proprietários, com imóveis de mais de 10 módulos fiscais, recomponham de 30 a 100 metros da vegetação à margem de rios, dependendo da largura do corpo d'água. Insatisfeitos com as discussões, ruralistas e ambientalistas ameaçam obstruir a votação do texto.

Editada em maio pela presidente Dilma Rousseff, a MP prevê que mais de 80% dos proprietários de terras poderão regularizar seus imóveis, recuperando até 15 metros de vegetação às margens desmatadas de rios.

Veja a notícia completa no site do Estadão
Fonte:
Agência Câmara

0 comentário