CNA celebra novo Código Ambiental

Publicado em 25/05/2011 10:28 595 exibições

Esta noite, venceu a legalidade. Assim, gratos à Democracia e ao pleno exercício do Poder Legislativo deste País, os produtores rurais brasileiros vão dormir confiantes que a lei os protege, não os persegue; que os valores ambientais serão respeitados e, principalmente, que há regras para o uso e manejo da terra, na qual geram riquezas e contribuem para o desenvolvimento nacional.

As conquistas democráticas – e que somente podem ser consideradas conquistas democráticas quando nascem da tolerância e da renúncia de todos em benefício de uma composição que não desmoralize a ninguém – devem ser celebradas com humildade, em primeiro lugar, e com respeito por todos aqueles que, de alguma maneira e em algum sentido, apresentaram propostas, idéias, denúncias, protestos, por mais veementes, para que se construísse uma solução final satisfatória.

Todo louvor, especialmente, à integridade moral, ao espírito público e ao senso de dever do deputado Aldo Rabelo (PCdoB-SP), que desafiou todos os preconceitos e jogou o peso da sua extraordinária, coerente e incorruptível história pessoal para construir uma das leis mais difíceis, delicadas e imprescindíveis já aprovadas pela Câmara dos Deputados.

A agropecuária brasileira celebra os avanços realizados e, principalmente, o marco legal estabelecido.

Brasília, 24 de maio de 2011

SENADORA KÁTIA ABREU      

Fonte:
CNA

2 comentários

  • Claudio Luiz Galvão Cuiabá - MT

    Nobre senadora KATIA ABREU, só ouve uma injustiça com o pequeno produtor neste neste projeto de lei, e que precisa ser corrigido no Senado: a isenção vale só para o produtor que tiver até o limite de 4 módulos, aquele que passar de 4 modulos, nem que seja por apenas 01 (um) ha. terá que procidenciar a reserva legal de toda a área, ou seja uma injustiça, o correto é deixar o fora para todos o limite de 4 modulos e ai em cima somente do que passar, seria computado a reserva legal, visto que isso não autoriza novos desmatamentos, pois so vale para recomposição ou compensação.

    acho que faltou argumento junto na camera dos deputados pois o deputados Candido Vacarreza falou em plenário que a presidente Dilma pretendia estender este beneficio para propriedades de até 10 modulos. Não sei se ele queria com isso ganhar a votação da emenda ou falava sério mesmo, pois se falava sério é hora deste item entrar no Senado.

    0
  • NILSON GOMES DA SILVA Cuiabá - MT

    Excêlente notícia, e com certeza nós aqui de Mato Grosso, pequenos agricutores, agardeçemos, ao pleno exercicio da democrácia, pelo menos aqui neste setor ela existe. sem mais:[email protected]

    direto de CUIABÀ-MT.

    0