Senado tem condições de votar Código Florestal em 45 dias, afirma Kátia Abreu

Publicado em 03/06/2011 09:03 524 exibições
Presidente da CNA, senadora criticou o prazo estimado pelo governo para votação.
A presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), senadora Kátia Abreu (PSD-TO), afirmou nesta quinta, dia 2, que o Senado tem condições de votar o Código Florestal dentro de 45 dias, antes do recesso do Legislativo. Ela criticou o prazo estimado pelo governo de estender por 180 dias a discussão na Casa Legislativa.

– Eu acho lamentável 180 dias, não tem necessidade disso. Mesmo porque o Senado começou a debater o assunto antes da matéria chegar. A grande maioria dos senadores está ciente do que está acontecendo. Nós gostaríamos muito de votar antes do recesso [de julho], se o Senado compreender nossa situação, nossa angústia e o desespero no campo. Eu já vi votarem coisas em três dias no Congresso Nacional de muito menos interesse do que isso – afirma.

Kátia Abreu defendeu que a tramitação do Código Florestal termine na Comissão de Agricultura e não na de Meio Ambiente, conforme quer o governo. Ela alegou que já existe acordo nesse sentido.

– O presidente do Senado é José Sarney. Ele é do PMDB e escolheu como a última comissão, onde está a relatoria de seu partido.

A senadora foi homenageada nesta quinta, dia 2, durante entrega do prêmio Destaques A Lavoura 2010, na sede da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), no Rio.

Código pode demorar até 120 dias para ir à votação no Senado

Estimativa é do presidente da Comissão de Agricultura, senador Acir Gurgaz

O projeto do novo Código Florestal pode demorar até 120 dias para ser analisado e ir à votação no Senado. A estimativa é do presidente da Comissão de Agricultura, senador Acir Gurgaz, do PDT de Rondônia.

Nesta quinta, dia 2, foi divulgado que a relatoria nas Comissões de Constituição e Justiça e de Agricultura ficará com o senador Luiz Henrique da Silveira, do PMDB de Santa Catarina.

Fonte:
Agência Brasil + Canal Rural

0 comentário