Código Florestal: Comissão de Agricultura do Senado quer ouvir Aldo Rebelo e cientistas sobre Código Florestal

Publicado em 11/08/2011 14:49 361 exibições
Os senadores Waldemir Moka e Ana Amélia Lemos solicitaram debates através de requerimentos.
A Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) aprovou na manhã desta quinta, dia 11, dois requerimentos para discutir o projeto que modifica o Código Florestal (PLC 30/2011) com o relator da matéria na Câmara, deputado Aldo Rebelo, e com representantes da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), da Academia Brasileira de Ciências (ABC) e de universidades.

Aldo Rebelo deve falar aos senadores na próxima terça, dia 16, e a data da audiência pública com representantes da academia ainda será confirmada pela CRA. Os requerimentos partiram dos senadores Ana Amélia Lemos (PP-RS) e Waldemir Moka (PMDB-MS). Os debates devem ser realizados em conjunto com as comissões de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) e de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA).

Representantes do agronegócio cobram pressa do Senado na votação do novo Código Florestal

Representantes do agronegócio brasileiro se reuniram com o presidente do Senado, José Sarney, nesta quinta, dia 11, para pedir rapidez na aprovação do projeto de reforma do Código Florestal. Eles alegam que a demora na votação da proposta acarretaria uma série de problemas na produção agrícola.

– Estamos pedindo para que haja um processo acelerado. Viemos contar o que está acontecendo com as usinas no campo, que são problemas que outros setores também têm, como orçamentos travados, ações civis, multas – explicou o presidente da União da Agroindústria Canavieira do Estado de São Paulo, Marcos Jank.

Segundo o representante do setor sucroenergético, o presidente José Sarney se mostrou sensível aos problemas dos produtores, mas explicou que a proposta ainda precisa ser examinada por três comissões no Senado antes de ser encaminhada para votação no Plenário. Conforme Jank, Sarney não estabeleceu prazo para a votação da matéria na Casa.

Aprovado pela Câmara em maio, o projeto do novo Código Florestal (PLC 30/2011) será examinado no Senado pelas comissões de Agricultura e Reforma Agrária (CRA), Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) e Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA).

Fonte:
Agência Senado

0 comentário