O alto risco de colher Feijão-carioca

Publicado em 22/10/2018 15:30
233 exibições
A expectativa dos produtores do estado de São Paulo é procurar trabalhar rapidamente com os Feijões que estão prontos para colher. Se as previsões estiverem corretas, até amanhã há possiblidade de colheita, voltando a chover na quarta-feira. Com certeza estão certos os Feijão para este período do ano naquele estado. Já se sabe que o Feijão-carioca é extremamente sensível aos efeitos da umidade excessiva. Com isto em mente, tem valido a pena prestar atenção ao trabalho realizado por pesquisadores do IAC e da EMBRAPA. Aumentam  a cada novo lançamento o potencial produtivo e a resistência às doenças mais comuns dos Feijões-pretos. Neste ano, FOB Paraná, os preços têm se mantido ao redor de R$ 150/160. Se importamos todos os anos o equivalente a 50.000 hectares de Feijões-pretos, qual a razão para não produzir aqui? E o excedente é exportável, portanto tem suporte mínimo de preços sem depender do governo. Na sexta-feira, poucos negócios foram reportados de Feijões-carioca, entre R$ 97/100 no noroeste de Minas Gerais.
Fonte: IBRAFE

Nenhum comentário