Está justo o abastecimento

Publicado em 18/01/2019 15:30
240 exibições
Novamente a paciência vai superando o receio que faz parte da comercialização do Feijão-carioca. Há sempre o receio de que algo fora do controle venha a ocorrer e inverter as expectativas do viés de alta. O abastecimento se dá com os Feijões recém-colhidos que são pouquíssimos no Paraná e em Minas Gerais, somados aos estoques que vão escoando no ritmo da demanda. Feijões 8,5 acima seguem mantendo R$ 200/210. 
Feijão-preto firme mas, para o Nordeste diminuiu o volume de venda, pois chega no mesmo nível do Feijão-carioca e este tem preferência naquela região.
Fonte: IBRAFE

Nenhum comentário