Feijão: Caupis nas prateleiras, boa hora para plantar

Publicado em 26/02/2019 15:30
255 exibições

Ainda sobre caupis, tudo indica que a safrinha deste ano no Mato Grosso contará com uma importante redução de área no Tumucumaque e no Nova Era. Os exportadores confirmam que há procura no exterior, mas que estão cautelosos uma vez que o produtor está um tanto relutante.

Aí começa a surgir uma boa oportunidade de negócio para o produtor do Cerrado. Com a diminuição de área, os preços terão boas condições de serem remuneradores, portanto acima dos preços praticados nos últimos dois anos. Os produtores no Mato Grosso e os cerealistas que ainda tinham algum estoque de caupis confirmam que escoou um volume considerável de janeiro até agora e praticamente não há mais oferta de produto que esteja livre de grãos danificados por caruncho.

Na verdade, nos últimos 45 dias foram destinados todos os lotes para o consumo no mercado interno. Nas regiões onde os dois estão nas gôndolas é nítido o aumento de venda das opções de Feijões mais baratos.

Na Região Sul principalmente é o caso de Feijão-preto que aumentou sua participação nas cidades onde ambos estão disponíveis. Soma-se a isso os lotes de Feijões cores provenientes da Argentina que, ainda que sejam em pequeno volume, vão dando ao consumidor a alternativa ao Feijão-carioca que está rondando os R$ 10 nas gôndolas.

Nas lavouras, a segunda-feira (25) foi dia de poucos negócios. Com a proximidade do feriado, a tendência dos produtores é de aguardar para depois do Carnaval.

Fonte IBRAFE

Nenhum comentário