Mudanças no ICMS do Mato Grosso afetam o mercado de Feijão

Publicado em 25/09/2019 15:30
300 exibições
A revolução no mercado de Pulses continua mudando o cenário muito rapidamente, não somente em outros países, mas no Brasil também. O maior avanço, que vai começar a ter reflexos no ano que vem, é o Fundo dos Pulses, criado este ano no Mato Grosso. Um pequeno percentual do ICMS, que foi reduzido em 70%, é destinado à pesquisa e à promoção dos interesses da produção de Pulses. A energia elétrica que hoje é enviada para outros estados deverá ter alíquotas de impostos revistas, tornando a irrigação mais competitiva. Com isso, as áreas de plantio de Feijão-carioca terão alternativas naquele estado. O período de produção da terceira safra poderá atender à exportação e, quem sabe, com a diminuição das áreas destinadas à primeira safra de cada ano, abrirá um período maior de negociação para o produto da terceira safra. 
Ontem foi novamente um dia com muitas consultas de compradores, mas, não chegando a um acordo nos preços, foram reportados poucos negócios.
Fonte: IBRAFE

0 comentário