Feijão: Preços permaneceram estáveis

Publicado em 27/09/2019 15:30
206 exibições
Os empacotadores travam uma batalha difícil com o varejo. Repassar o aumento dependeria de uma simetria dos empacotadores, que não é conseguida. A natural disputa para vender leva a que as marcas já estabelecidas tenham uma constante batalha para manter seu espaço na gôndola. Há sempre alguém querendo entrar em redes de supermercados e esta oferta acaba em forçar, usando o argumento “preço”. Se uma marca mantém o preço depois da alta, para tentar ganhar espaço, o prejuízo é um risco eminente. Se o empacotador não está seguro, ninguém pode estar. Ontem os preços permaneceram estáveis com negócios reportados entre R$ 160/165 no Mato Grosso e, em Minas e em Goiás, até R$ 180 pelos melhores lotes de Feijão-carioca.
Fonte: IBRAFE

0 comentário