Feijão: Variação de preços tem explicação

Publicado em 16/10/2019 15:30
303 exibições
Novamente, enquanto ainda não há grande procura por Feijão-carioca, começaram a aparecer compradores para  lotes maiores. Não é, ao que tudo indica, um movimento especulativo, mas de empacotadores que não querem ter dificuldades em repor dentro de alguns dias. Os preços acabam ficando um pouco distorcidos. Por exemplo, um empacotador de Minas Gerais, Goiás, São Paulo pode resolver pagar R$ 10 a mais por um lote de produto de boa qualidade, de produtor parceiro e que está mais próximo de sua indústria. Enquanto isso, o empacotador da Região Sul ou da Nordeste, que não tem safra na porta, tem dificuldade para pagar tão prontamente acima dos valores médios praticados. Por esta razão, há variações muitas vezes estranhas entre uma venda e outra, de um Feijão muito parecido. Ontem, poucos negócios foram reportados, mantendo a média de R$ 160/170 em Minas Gerais e em São Paulo R$ 185/190.
Fonte:
IBRAFE

0 comentário