Avicultores de SC e RS devem dobrar importações de milho diante da estiagem prolongada no sul

Publicado em 28/02/2012 10:39 432 exibições
A seca prolongada na área sul do Brasil trouxe impacto direto à atividade avícola da região. Diante da quebra da safra de grãos, os Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul devem dobrar as importações de milho de outras regiões para sustentar a produção de aves em 2012.

De acordo com estimativas da União Brasileira da Avicultura (Ubabef), o volume de compras do cereal passará de 1,5 milhão para três milhões de toneladas no Estado catarinenses e de dois milhões para quatro milhões de toneladas nas áreas gaúchas.

Diante desta realidade, o presidente da Ubabef, Francisco Turra, destaca a necessidade de se modernizar a infraestrutura avícola local visando o reforço da competitividade do ramo. "O grande problema do Sul é que o milho está sempre faltando, e muito. Em segundo lugar, há a necessidade de uma modernização da infraestrutura avícola, que [hoje] causa perda de competitividade", conclui.

Nesta última segunda-feira, 27, Turra se reuniu com representantes do setor de frango da região sul a fim de desenvolver uma auditoria em nível nacional para reconhecer os pontos fracos da cadeia produtiva e assim iniciar um processo de modernização do segmento.

Com informações do DCI.

Tags:
Por:
Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário