Governo prepara atos normativos para o setor da suinocultura

Publicado em 17/07/2012 15:01 e atualizado em 17/07/2012 17:27 618 exibições
O vice-presidente da Frente Parlamentar da Suinocultura, deputado federal, Valdir Colatto (PMDB/SC), participou na manhã desta terça-feira (17/7) de uma audiência com o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Caio Rocha, para cobrar agilidade nos trâmites de liberação dos atos para a suinocultura.

Conforme Colatto, o MAPA está elaborando a redação dos atos que serão enviados ao Ministério da Fazenda e ao Conselho Monetário Nacional (CMN) para efetiva aplicação das medidas. “A reunião do CMN está marcada para o dia 26/7, mas fomos informados que os atos poderão ser validados antes deste prazo”, afirmou.

Entre os atos divulgados estão a prorrogação das dívidas de custeio e investimento; liberação de R$ 200 milhões para aquisição de leitões e o complemento de R$ 0,40 a R$ 0,60 o quilo de suíno para venda. “Pedimos ainda prazo de 60 a 90 dias para aquisição de milho balcão pelos agricultores, onde eles possam primeiro tratar o animal, vender e aí sim pagar o milho”, justificou o parlamentar.

Colatto afirmou que outros pedidos feitos pela Frente da Suinocultura foram a criação de uma política de preço mínimo para o suíno, atendendo o suinocultor, ao menos, nos períodos de crise, como a hoje enfrentada pela categoria e, programas de apoio ao consumo de carne suína. “Os supermercados precisam colaborar baixando o preço da venda da carne suína. Em
duas semanas de promoção conseguiremos diminuir os estoques e recuperar um pouco o preço”, afirmou Colatto.
Tags:
Fonte:
AI Dep. Valdir Colatto

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário