Leite MT: O preço médio mensal ao produtor em maio registra o maior valor desde nov/11

Publicado em 04/06/2013 09:55 451 exibições

Segundo o levantamento mensal do Imea, o volume diário de leite captado pelos laticínios em abril/13 chegou a 1,05 milhão de litros, queda de 5% em relação a março/13 e, quando comparado ao mesmo período do ano passado, essa baixa foi de 3%. Este volume diário restrito de leite intensificou a demanda por parte dos laticínios pelo produto, fazendo com que o preço médio mensal da matéria-prima registrasse alta de 9% no pagamento de maio/13, que remunera a captação de abril/13, fechando o mês cotado a R$ 0,705/l. Quando comparado com o mesmo período do ano passado, a alta foi de 7,4%. Este valor não era visto desde nov/11, cujo preço médio foi de R$0,725/l. Esta melhor remuneração em períodos de escassez faz bem para a propriedade principalmente para cobrir os gastos daquele produtor que suplementa os animais em períodos de seca, como também dando um incentivo à produção. Considerando que apenas 70% dos produtores de leite de Mato Grosso suplementam os animais neste período, em 2012, os gastos com suplementação destinada ao gado leiteiro movimentaram R$ 52,6 milhões, o que faz esta cadeia essencial para o agronegócio de Mato Grosso.

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte:
Imea

0 comentário