Com retomada nas vendas para a Ucrânia, suinocultores gaúchos projetam recuperação no segundo semestre

Publicado em 19/07/2013 08:47 263 exibições

Estão no Leste Europeu e no Japão duas das esperanças dos produtores de suínos do Estado para equilibrar as contas e retomar o lucro que foi consumido no primeiro semestre deste ano.

Depois de um ensaio de bons preços no início de 2013, a cotação da carne suína despencou quando a Ucrânia, maior comprador do Brasil em volume, fechou as portas às importações brasileiras. Os animais que já estavam prontos para abate ou sendo terminados acabaram invadindo o mercado nacional. Como a Ucrânia adquiria metade das exportações gaúchas de suínos, a carne que não embarcou para o Leste Europeu acabou ficando por aqui e derrubou as cotações no mercado interno.

Leia a íntegra no Zero Hora

Tags:
Fonte:
Zero Hora

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário