Na Bloomberg: Gripe aviária provoca queda no preço do frango e na demanda por ração na China

Publicado em 26/02/2014 15:07 426 exibições

A propagação da gripe aviária na China, que já matou pelo menos 32 pessoas, está impedindo o aumento da demanda por ração animal, já que com a queda nos preços da carne de ave está fazendo com que os criadores reduzam seus animais.     

A produção de ração, feita de milho e soja, teve pouco aumento este ano em relação a 2013, conforme indicou uma pesquisa feita pela Bloomberg com analistas e processadoras de grãos da China.    

A produção caiu no ano passado, pela primeira vez em quase uma década, depois que um surto do vírus H7N9 provocou uma redução na demanda local, segundo a Associação das Indústrias de Ração da China. De cinco anos para cá, o crescimento anual da produção ultrapassou 7% ano.

Uma queda contínua no consumo de ração pelo maior comprador mundial de soja poderá significar prejuízo para as principais empresas globais de grãos, como a Cargill Inc., e produtores de alimentos, como a Tyson Foods (TSN). A pesquisa contrasta com as previsões do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) que aponta para um aumento de 85% nas importações de milho e de 15% nas importações de soja, neste ano.       
 
"É um desastre total", disse Ma Chuang, sócio da criação de animais e pesquisador na Beijing Boyar Communication Co., referindo-se à propagação da gripe aviária. "Ninguém quer comprar filhotes de frango neste cenário, e em breve até mesmo aves reprodutoras poderão ter que ser eliminadas".

Informações: Bloomberg

Tradução: Fernanda Bellei

Tags:
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • geraldo emanuel prizon Coromandel - MG

    Conta outra vai, essa já não cola mais..!

    Geraldo Prizon

    0