Faesc assume a presidência do Conseleite

Publicado em 24/09/2014 13:15 170 exibições

O sindicalista, produtor rural, vice-presidente regional da Faesc para o extremo-oeste e presidente do Sindicato Rural de São José do Cedro, Adelar Maximiliano Zimmer, assumiu nessa semana a presidência do  Conselho Paritário Produtor/Indústria do Estado de Santa Catarina (Conseleite). O colegiado foi constituído pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc) e pelo Sindicato das Indústrias de Laticínios e Produtos Derivados de SC (Sindileite) em 2006.

Os valores de referência dessa matéria-prima, projetados para este mês de setembro pelo Conseleite, revelam a manutenção de um quadro positivo de boa remuneração para o produtor rural. Para o leite-padrão, o preço de referência está previsto em R$ 0,9078 o litro; para o leite de qualidade acima do padrão R$ 1,0440 e para o leite abaixo do padrão, R$ 0,8253.

Na segunda quinzena de outubro, o Conselho volta a se reunir para anunciar os números definitivos de setembro e a nova projeção mensal. Embora tenha esses valores como referência negocial, o mercado – como de praxe – está praticando preços levemente superiores.

Santa Catarina é o quinto produtor nacional, o Estado gera 2,7 bilhões de litros/ano. Praticamente, todos os estabelecimentos agropecuários produzem leite, o que gera renda mensal às famílias rurais e contribui para o controle do êxodo rural. O oeste catarinense responde por 73,8% da produção. Os 80.000 produtores de leite (dos quais, 60.000 são produtores comerciais) geram 7,4 milhões de litros/dia.

Zimmer destaca que o oeste de Santa Catarina registra um extraordinário desenvolvimento na produção de leite e caminha para tornar-se a maior bacia leiteira do País. O sucesso ou o fracasso econômico da atividade leiteira reflete-se de imediato no cotidiano de vasta parcela da população catarinense.
O presidente do Conseleite mostra que o leite deixou de ser uma atividade secundária e passou a ser uma das principais geradoras de renda para o produtor catarinense em razão da conjugação de vários fatores que tornaram o Estado um grande produtor nacional. Entre esses fatores situam-se as ações de formação profissional rural do SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), vinculado à Faesc.

O Conseleite é uma associação civil sem fins lucrativos organizado em uma diretoria, uma secretaria e uma câmara técnica e econômica. O órgão promove o relacionamento entre os integrantes do sistema agroindustrial lácteo, conjugando esforços de todos os agentes econômicos, desde o fornecimento de insumos, a produção de leite nas propriedades rurais, seu processamento pela indústria, distribuição dos produtos derivados, até a venda dos produtos finais ao consumidor.

O Conselho zela pelo aprimoramento do sistema de avaliação da qualidade do leite e dos produtos derivados, efetuando estudos, desenvolvendo pesquisas, e promovendo a sistematização, divulgação e constante atualização dos critérios tecnológicos de avaliação e aferição desta qualidade. O conselho também desenvolve análises técnicas e econômicas acerca da estrutura e evolução do mercado do sistema agroindustrial lácteo, inclusive no que tange às condições de contratação e negociação comercial entre os integrantes do setor.

Tags:
Fonte:
MB Comunicação

0 comentário