Suínos: Demanda interna enfraquecida mantém preço em queda

Publicado em 22/10/2015 08:44

Mesmo com as exportações brasileiras de carne suína crescentes no correr de outubro, os preços do produto seguem em queda o mercado brasileiro. Pesquisadores do Cepea indicam que o principal motivo é a demanda doméstica enfraquecida, diante dos elevados patamares de preços – vale lembrar que as cotações da carne suína subiram com força entre agosto e setembro. Diante das quedas no atacado, por sua vez, frigoríficos pressionam os valores pagos ao produtor.

Quanto às exportações, historicamente, os embarques brasileiros tendem a se elevar nesta época do ano, por conta do tradicional aumento das compras da Rússia. Na parcial de 2015 (de janeiro até setembro), os russos já importaram 176,8 mil toneladas de carne suína (in natura, miudezas, salgadas e congeladas), 47,3 mil toneladas a mais que no mesmo período de 2014. Particularmente em setembro, os russos compraram 2,3 mil toneladas a mais dessa proteína em relação a agosto. Hong Kong também elevou as importações, com aumento de 2,6 mil toneladas, para um total de 12,7 mil t.

Tags:
Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário