Suínos: Embarques enfraquecidos e baixa liquidez mantêm quedas

Publicado em 07/02/2019 11:34
33 exibições

O baixo consumo doméstico e o recuo das exportações de carne suína em janeiro, tipicamente observados neste período do ano, influenciaram as quedas nos preços do animal vivo e da carne nas regiões acompanhadas pelo Cepea. De acordo com informações da Secex, o total de carne embarcado pelo Brasil no primeiro mês de 2019 recuou fortes 15% na comparação com dezembro, totalizando 46,7 mil toneladas. No mercado interno, o suíno vivo foi negociado a R$ 3,86/kg na região SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba) em janeiro, valor 2,3% inferior ao de dezembro. Quanto às carnes, negociadas no atacado da Grande São Paulo, as desvalorizações foram ainda maiores. A carcaça especial suína teve preço médio de R$ 6,06/kg e a comum, de R$ 5,75/kg, com respectivas quedas de 4,4% e 2,5% em relação a dezembro.

Tags:
Fonte: Cepea

Nenhum comentário