Desempenho do ovo em novembro e nos 11 primeiros meses de 2019

Publicado em 02/12/2019 08:54
30 exibições

Dezembro promete. Porque, depois de atravessar praticamente todo novembro com quase total estabilidade de preços (desta vez não experimentou as altas típicas da primeira quinzena), o ovo encerrou o mês (sábado,dia 30) com expressivas altas, sinalização de um comportamento bem mais ativo no encerramento do ano.

Tomando como base os preços alcançados pelas cargas fechadas negociadas no atacado da cidade de São Paulo, observa-se que o valor médio registrado em novembro não foi muito diferente do observado nos seis meses anteriores.

Sob esse aspecto, a significativa alta obtida no sábado (30) não modificou os resultados do mês. Pois ainda que a média do mês tenha sido 23% superior à de um ano antes, voltou a ocorrer retrocesso (-1,55%) em relação ao mês anterior, fato que se repetiu em sete dos últimos 13 meses.

A expectativa, agora, é a de que a remuneração registrada no último dia de novembro seja apenas um ponto de partida para os negócios de dezembro corrente. Ou seja: nada impede que sejam atingidos valores próximos do recorde do ano – R$76,96/caixa em abril passado.

Notar (gráfico inferior, com a evolução relativa dos preços do ovo em relação à sua curva sazonal) que os preços de dezembro têm sido, em média, 10% superiores aos de novembro. Se tal variação se repetir em dezembro, o resultado será praticamente o mesmo registrado no quarto mês do ano.

Porém, mesmo que isso aconteça, o preço médio de 2019 não deve sofrer grande alteração em relação ao valor atual, superior ao registrado em 2018, mas (em valores deflacionados) ainda inferior aos registrados em alguns dos anos anteriores mais recentes.

Tags:
Fonte: AviSite

0 comentário