Empresários de laticínios discutem na BA perspectivas para o segmento

Publicado em 31/03/2010 09:25 324 exibições
Primeiro Encontro das Indústrias Baianas do Setor do Leite e Derivados terá questões como a necessidade de capacitação da mão de obra.
Promover a interação entre os empresários das indústrias de laticínios da Bahia no debate sobre os rumos e as perspectivas do setor. Esse é o principal objetivo do 1º Encontro das Indústrias Baianas do Setor do Leite e Derivados, que será realizado nos dias 8 e 9 de abril, no Hotel Catussaba, em Salvador.
A iniciativa é do Sindicato das Indústrias de Laticínios e Derivados de Leite da Bahia (Sindileite) e conta com a parceria da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), do Sebrae/BA, do Banco do Nordeste, do Governo Federal, do Governo do Estado e da Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab).

De acordo com o presidente do Sindileite, Paulo Cintra, os temas abordados durante os dois dias do evento contribuirão para aprimorar a visão de negócio dos empresários. “Queremos capacitar os empresários da maneira mais ampla possível. Esperamos que eles enxerguem a importância do setor nas esferas estadual, nacional e até internacional”, diz Paulo.

O presidente afirma ainda que o encontro tem como uma de suas metas promover o entendimento do setor, integrando-o em todo o estado. “Não temos ainda uma cultura de atuação mais integrada. Nossos concorrentes não devem ser tratados como adversários, mas como parceiros. Queremos passar a ideia de que unidos podemos ser muito mais fortes e esse é o nosso objetivo maior com a realização desse evento: o fortalecimento do setor na Bahia”, explica. 

Mão de obra
No evento será debatida a solução para os gargalos do setor. Segundo Paulo Cintra, as dificuldades do segmento estão relacionadas à falta de mão de obra qualificada e à concorrência de outros estados. “Precisamos garantir um produto de qualidade, mas também precisamos ter condições de entrar no mercado de forma competitiva”, aponta o presidente.
Entre os palestrantes do encontro, está Paulo Manso Cabral, diretor de operações do Sebrae/BA. Ele vai ministrar, na tarde do dia 9 de abril, a palestra “Os novos dilemas e desafios da pequena indústria”.

Célia Fernandes, supervisora de Agronegócios do Sebrae/BA, explica que o evento vai de encontro ao objetivo do programa Geraleite, uma das ações da instituição junto ao setor. “O Geraleite é um programa realizado em parceria com o Sistema Faeb/Senar, que visa o fortalecimento da cadeia produtiva do leite. A iniciativa pioneira de realizar o encontro vai beneficiar o setor, no sentido de se discutir os caminhos para o desenvolvimento das agroindústrias”, diz Célia. 

Serviço: 
Central de Relacionamento Sebrae - 0800 570 0800
Tags:
Fonte:
Agência Sebrae de Notícias

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário