China: importação de frango dos EUA pode cair a menos da metade

Publicado em 22/04/2010 16:18 271 exibições

Nas previsões do Foreign Agricultural Service (FAS), órgão do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) responsável pelos negócios internacionais do país no campo do agronegócio, em 2010, com a instituição de tarifas anti-dumping sobre a carne de frango norte-americana, as compras da China nos EUA podem sofrer uma redução da ordem de 55%.


O próprio órgão faz as contas: no ano passado, apesar da crise econômica mundial, a China, terceiro maior importador do frango norte-americano, manteve inalteradas suas compras e adquiriu dos EUA cerca de 335 mil toneladas de carne de frango, perto de 11% do que o país exportou no período. Neste ano, com a taxação anti-dumping, as importações chinesas podem ficar em apenas 150 mil toneladas, menos de 6% do que os EUA esperam exportar.


Note-se, a propósito, que o USDA havia previsto (outubro de 2009) que as exportações dos EUA recuariam cerca de 8% em 2010. Mas nas novas previsões divulgadas agora em abril projeta embarques próximos, mas inferiores, a 2,650 milhões de toneladas – como conseqüência dos embates mantidos com Rússia e China.


O que não passa despercebido nas projeções do USDA é que China deve neste ano aumentar suas importações globais – de 401 mil toneladas em 2009 para 425 mil toneladas em 2010. Ou, em outras palavras, adquire no exterior cerca de 25 mil toneladas a mais, mas compra de seu principal fornecedor 185 mil toneladas a menos.


Resumo da ópera: o maior exportador de carne de frango do mundo tem tudo para ser beneficiado.

 

20100422_grafico2.gif

Tags:
Fonte:
Avisite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário