Variação negativa do frango vivo pode aumentar no decorrer de maio

Publicado em 03/05/2010 13:05 228 exibições
Sofrendo diluição crescente à medida que o ano avança, o preço pago pelo frango vivo no interior de São Paulo tende a apresentar negatividade ainda maior em maio corrente.
Desde o início de 2010 os preços do produto vêm sendo negativos em relação ao mesmo mês do ano anterior: o valor pago ao produtor em janeiro último foi 8% menor que o alcançado um ano antes, no mesmo mês; já em fevereiro e março o recuo se elevou para 9%, subindo para quase 12% em abril passado. Na abertura de maio, o preço recebido ficou 10% abaixo do registrado há um ano na mesma data, mas se comparado à média registrada em maio de 2009 (R$1,61/kg em valores arredondados) o decréscimo é de 16,1%.
Obviamente, espera-se que não ocorra maior deterioração nesse processo. Mas como, dados os antecedentes enfrentados em abril, o desempenho do setor tende a continuar precário durante boa parte de maio, prevalece a perspectiva de, no decorrer do período, aumentar a diferença negativa em relação ao mesmo mês do ano passado. Assim, se neste instante a diferença (em relação ao início de maio) é de apenas 10%, pode subir no final do mês para mais de 20%. Apenas porque em maio de 2009 o preço pago ao produtor valorizou-se, entre o início e o final do mês, mais de 15%, enquanto por ora a perspectiva é, no máximo, de estabilização do atual preço.

20100503_grafico.gif
Tags:
Fonte:
Avisite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário