Bolsa de Suínos do Estado de SP

Publicado em 07/06/2010 17:28 604 exibições
MEMORANDO DA BOLSA DE SUÍNOS REALIZADA EM 07/06/2010

Abaixo, algumas informações sobre o mercado de suínos para formação na composição dos novos preços na Bolsa de Suínos.<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Na informação do JOX de hoje, relata: “as vendas de carcaças suínas in natura para o comércio de São Paulo mostraram volumes somente medianos na sexta-feira. Embora a época do mês e o clima ameno sejam propícios ao consumo da carne suína, em nenhum momento as vendas dos frigoríficos paulistas atingiram volumes aquecidos, indício de que boa parte do potencial está sendo atendido por indústrias de outros Estados, que operam em São Paulo a preços competitivos, principalmente no atacado. No interior do Estado, as ofertas de cevados seguem ajustadas. Entretanto, diante da entrada de animais oriundos de outras regiões, o mercado está bem abastecido”.

Nominalmente relata preços variando entre R$ 48,00 a R$ 49,00/@.

No mesmo informativo, a variação do suíno terminado no mercado paulista apresenta posição negativa de – 3,9% em 30 dias.

Em relação a milho a BM&F, registra a média das últimas três cotações de sexta-feira em R$ 19,64 a saca. Esse valor representa uma relação de troca entre 2,44:1 e 2,49:1, ou seja, uma arroba suína equivale à compra de 2,44 a 2,49 sacas de milho de 60 quilos. Os números estão muito próximos do histórico ideal de 2,50:1. Entretanto, com as alterações na composição do custo de produção do suíno vivo, já existe granjas trabalhando com a relação de troca ideal em 3,00:1, desta forma, atualmente, já ocorre perda no setor apesar de toda pressão por parte dos produtores de grãos em elevar os preços atuais. Ocorre na próxima quinta (09) Reunião da Câmara Setorial do Milho em São Paulo nas dependências da CONAB. APCS estará presente e relatando aos seus associados às resoluções do encontro.

Como informação pontual, a Granja Ponte Alta, por intermédio de Orlando, acaba de relatar (09h40min) venda de 250 suínos em R$ 48,50/@ condições bolsa para Frigorífico Bressiani de Capivari/SP.

No mercado de boi, segundo CEPEA/ESALQ, as cotações são as seguintes:

 

Data

Média últ 5 dias

Boi à vista

Boi a prazo

Min. à vista

Max à vista

Min. a prazo

Max a prazo

04/06/2010

R$ 81,70

R$ 81,45

R$ 82,20

R$ 80,06

R$ 82,23

R$ 81,88

R$ 82,91

 

 

 

 

 

 

DURANTE A REALIZAÇÃO DA BOLSA DE SUÍNOS

 

 

Após, pesquisada realizada entre os associados e o envio das fichas de autorização de compra e venda, obteve o seguinte resultado:

 

Venda Total de Suínos na Bolsa (07/06/2010)=10.885 suínos

Sendo 10.275 suínos condições bolsa e 610 suínos mercado regional

 

Da comercialização de suínos condições bolsa = 10.275 suínos

Distribuídos da seguinte forma:

57,00%emR$49,00/@

17,00%emR$50,00/@

15,00%emR$49,50/@

9,00%emR$51,00/@

2,00%emR$48,50/@

 

Da comercialização de suínos mercado regional = 610 suínos

Variando entre R$ 50,00 a R$ 52,00/@.

 

Desta forma, o resultado a ser anunciado a todos:

 

Bolsa de Comercialização de Suínos do Estado de São Paulo “Mezo Wolters”, realizada no dia 07 de Junho de 2010, comercializou 10.885 suínos, com preços variando entre R$ 48,50/@ e R$ 51,00/@ condições bolsa (posto frigorífico e pagamento com 21 dias). No mercado regional as vendas foram entre R$ 50,00 a R$ 52,00/@.

Considerando animais com peso médio de 93,00 Kg vivo e preço médio em R$ 2,61/Kg a movimentação nominal e financeira da Bolsa equivale no dia de hoje em R$ 2.642.116,05 (Dois milhões, seiscentos e quarenta e dois mil, cento e dezesseis reais e cinco centavos). A tendência para os próximos dias, em virtude da entrada da massa salarial e queda na temperatura, deverá dar sustentação e possibilidade na reação dos preços tanto no suíno e na carcaça.

Nada mais a ser tratado, foi encerrada a mesma às 16h30minutos, e os resultados divulgados imediatamente pelo sistema de torpedo e no site da APCS.

 

 

Tags:
Fonte:
APCS

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário