Com novo apoio, produtor de leite terá mais segurança

Publicado em 24/09/2010 09:18
327 exibições
Ministro Cassel, em visita ao Estado, anuncia liberação de R$ 26,7 milhões
Um anúncio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) traz a promessa de mais segurança aos produtores de leite gaúchos. A liberação de R$ 26,7 milhões para a compra do produto pelo governo federal deve amenizar a queda no preço pago aos criadores nos próximos meses.

Caso de André Bonmann, de Coronel Barros, que trabalha com o pai há mais de 20 anos na produção de leite e está otimista com a medida anunciada ontem no Estado pelo ministro Guilherme Cassel. O produtor enfrenta duas dificuldades: o baixo valor pago e a oscilação do preço. Hoje, recebe cerca de R$ 0,55 por litro.

- Um aumento de cerca de R$ 0,15 seria bom. Mas é preciso que ele se mantenha estável, porque assim podemos nos programar para investir no negócio - explica.

O aumento esperado por Bonmann, no entanto, não deve vir. O valor investido pelo governo deve impedir a queda acentuada do preço por litro, especialmente por conta da safra.


Para o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag), Elton Weber, a medida é positiva e atende à demanda apresentada pela entidade durante a Expointer. A proposta fazia frente à redução do preço que, neste ano, iniciou em julho. Nos anos anteriores, a cotação costumava baixar apenas em setembro.

- Não é suficiente, mas vai ajudar. - destacou Weber.

Hoje, a variação no preço é regulada pela compra governamental. Em maio, o MDA destinou R$ 38 milhões, por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). No próximo mês, o restante deste valor se somará aos novos recursos. Para assegurar que um maior número de produtores sejam atendidos, o governo compra leite apenas por meio de cooperativas que estejam na Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP). Segundo Cassel, o novo investimento inclui também assistência técnica para o produtor e auxílio na aquisição de equipamentos que tornem a produção mais barata.
Tags:
Fonte: Zero Hora

Nenhum comentário