Receita cambial das carnes aumenta 20% em relação a setembro de 2009

Publicado em 04/10/2010 13:28
236 exibições
Não parece, mas a data comemorativa da Independência do Brasil pode ter feito a diferença nas exportações de carnes de setembro de 2010. Com um dia útil a menos (devido ao feriado do dia 7, total de 21 dias úteis contra 22 em agosto) os embarques e a receita cambial das três carnes no mês que passou apresentaram leve retrocesso em relação ao mês anterior. Já em relação a setembro de 2009 os incrementos continuaram sendo expressivos: +11% no volume; +20% na receita cambial. Isso sem contar os aumentos de 25,7%, 16,7% e 6,0% obtidos no preço médio das carnes suína, bovina e de frango, respectivamente.
Comparativamente ao mês anterior, quem enfrentou maior recuo no volume embarcado em setembro foi a carne bovina: queda de, praticamente, 20%. Mas como o preço médio do produto aumentou 2%, a perda na receita ficou em 18,2%.
O volume de carne suína aumentou 6,5%, enquanto o preço médio retrocedeu perto de 1%. Em decorrência, o aumento na receita cambial ficou em 5,7%.
A carne de frango apresentou redução no volume e no preço médio e, obviamente, também na receita cambial. Mas foram reduções marginais de 1,1% no volume, de 0,1% no preço médio e de 1,2% na receita cambial.
Não fosse o dia a menos, o volume exportado teria superado ligeiramente o total embarcado em agosto, enquanto a receita cambial ficaria apenas 2,5% aquém do US$1,025 bilhão do mês anterior. Aliás, esta foi, desde junho passado, a primeira vez em que a receita das carnes não alcançou o bilhão de dólares.

20101004_tabela.gif
Tags:
Fonte: Avisite

Nenhum comentário