Leite fluído mais caro em setembro, enquanto leite em pó e queijos registram queda

Publicado em 04/10/2010 13:48
432 exibições

O leite longa vida (UHT), terminou setembro mais caro no atacado.

O aumento de 5,75% foi motivado pela queda da produção em algumas regiões, em função do clima seco e conseqüente redução da oferta de matéria prima para a indústria.

No varejo, depois da desvalorização de 14% registrada de abril a agosto, o preço do longa vida subiu, em média, 3,2%. Segundo levantamento realizado pela Scot Consultoria, em São Paulo, o litro do produto foi vendido por R$1,89 (preço médio).

Com as recentes quedas, a demanda por UHT melhorou, mas existe espaço para crescimento.

Da mesma forma, o leite pasteurizado teve alta de 3,85%, em média, nos supermercados.

O leite em pó e os queijos, por outro lado, ficaram mais baratos em setembro.

O leite em pó está cotado em média a R$R$15,83/kg, queda de 0,8% em relação a cotação de agosto.

No caso dos queijos, considerando todos os tipos pesquisados, a queda para o consumidor foi, em média, de 6% em relação a agosto.

Tags:
Fonte: Scot Consultoria

Nenhum comentário