Entre as carnes produzidas no Brasil, a de frango é a mais inspecionada

Publicado em 05/10/2010 09:19
192 exibições
Os últimos dados do IBGE apontam que o abate inspecionado das carnes bovina, suína e de frango do primeiro semestre de 2010 somou 10,2 milhões de toneladas. Esse volume corresponde a um novo recorde semestral (2º semestre de 2009: 10,1 milhões de toneladas), apresentando incremento de quase 9% em relação a idêntico semestre do ano passado (1º semestre de 2009: 9,4 milhões de toneladas).

E qual é a participação de cada uma das três carnes nesse total?
A liderança isolada (já há longo tempo) pertence à carne de frango 51% do total no primeiro semestre de 2010. Vem a seguir a carne bovina, com 34% do total e, por fim, a carne suína, com 15%.

Por outro lado, analisada a evolução dos abates inspecionados desde o primeiro trimestre de 2005 até o segundo trimestre de 2010, constata-se que o maior índice de incremento (+58%) ficou com a carne suína, vindo a seguir a carne de frango (+47%). Considerada a variação ponta a ponta, o abate inspecionado de carne bovina teve aumento de 26%. Mas os volumes mais recentes têm sido inferiores aos registrados, por exemplo, em 2006, o que significa que o abate inspecionado no setor sofreu redução.

Em termos nominais globais, o abate inspecionado de carnes teve um aumento de 2,278 milhões de toneladas entre o primeiro semestre de 2005 e o mesmo semestre de 2010. A maior contribuição para esse aumento veio da carne de frango (62% do incremento total ou 1,419 milhão de toneladas a mais). Aparece a seguir a carne suína (20% do adicional ou 461 mil toneladas) e, por fim, a carne bovina (17% do acréscimo registrado, 398 mil toneladas).
Tags:
Fonte: AviSite

Nenhum comentário