Programa dá assistência a produtores de leite

Publicado em 13/10/2010 09:44
286 exibições
Em três anos, o produtor Joaquim Francisco da Silva, de Pindamonhangaba (156 km de São Paulo), viu sua produção aumentar de 42 litros de leite por dia para 150 litros.

O salto ocorreu após Silva aderir ao projeto Balde Cheio, da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), que mostra como aumentar a produtividade.

"O objetivo é que o produtor comece a encarar a produção de leite realmente como um negócio, o que não acontece na maioria dos casos", diz o agrônomo Carlos Necesio Santos, da Casa de Agricultura de Pindamonhangaba.

O produtor Silva afirma ainda que trouxe a experiência de uma carreira na indústria automobilística para dentro da porteira, após a aposentadoria. "Eu olho a minha fazenda como uma empresa", afirma.

Caminho idêntico fez Dalva Aparecida da Silva, fornecedora da Perdigão. Convidada pela indústria a se profissionalizar, ela aderiu ao Balde Cheio e recebe acompanhamento há cerca de 40 dias.

Em aproximadamente 15 hectares, Dalva capta cerca de 250 litros de leite por dia. Mas ela desconhece o custo do leite que produz e não adota o controle da alimentação dos animais.
Tags:
Fonte: Folha de São Paulo

Nenhum comentário