Desempenho do frango vivo em outubro de 2010

Publicado em 01/11/2010 09:35
242 exibições
Uma vez que só no ano que vem o grande público saberá qual foi a produção de pintos de corte do período, vai demorar até que se descubra o que, efetivamente, aconteceu com o frango no mês de outubro. Mas já se sabe que nem sempre o frango anda no rabo do boi.

O fato é que as perspectivas do mês eram, para dizer o mínimo, alvissareiras. Uma vez que em setembro se havia chegado à melhor cotação nominal de todos os tempos e o mercado de carnes (boi à frente) permanecia firme, confiava-se em que o frango mantivesse em outubro pelo menos o mesmo desempenho do mês anterior. Por isso, foi dada pouca importância ao recuo de preços registrado nos dois últimos dias de setembro: era uma acomodação de mercado, típica de final de mês, imaginava-se.

Mas não foi bem assim. Pois enquanto o suíno continuava, embora mais lentamente, a obter valorização e o boi alcançava, historicamente, seu maior preço real (CEPEA), o frango vivo seguia direção oposta: sofreu quatro baixas e registrou, no último dia de outubro, valor 10,5% menor que o do fechamento de setembro. Em suma, encerrou o décimo mês do ano com a mesma cotação registrada sessenta dias antes - R$1,70/kg no último dia de agosto.

É verdade que, tudo computado, o resultado do mês não foi de todo ruim, pois o preço médio registrado R$1,84/kg recuou menos de 5% em relação à média do mês anterior, ao mesmo tempo em que se manteve quase 23% acima do valor médio registrado em idêntico mês do ano passado. Mas, neste caso, é bom ressalvar que outubro de 2009 foi péssimo, daí o aparente melhor resultado deste ano.

Faltando, agora, apenas dois meses para o encerramento de 2010 (são, contados a partir de hoje, não mais que 50 dias de negócios), o frango vivo registra, no ano, cotação média de R$1,58/kg. E isso quer dizer, em valores nominais (isto é, sem considerar a inflação do período), redução de cerca de 3% em relação à média de 2009.

Vai ser difícil reverter essa perda no pouco espaço de tempo que falta para o final do ano, pois, para isso, seria preciso alcançar cotação média de R$1,90/kg nestes 50 dias, o que, pelos antecedentes do setor, é missão quase impossível.

Por sinal, ainda que no bimestre final do ano o frango vivo venha a obter forte valorização, alcançando preços mais remuneradores com a aproximação das Festas, deve em 2010 registrar o menor valor real dos últimos quatro anos.
Tags:
Fonte: AviSite

Nenhum comentário