Carne de frango: Brasil vai recorrer à OMC contra a União Européia

Publicado em 08/11/2010 09:19
196 exibições
De acordo com a agência de notícias Reuters, o Brasil vai recorrer à Organização Mundial do Comércio (OMC) pedindo a instalação de painel de controvérsias para avaliar os mais recentes padrões definidos pela União Europeia (UE) para a carne de frango, que o País considera ilegais.
A informação foi transmitida na última sexta-feira (5) por Carlos Márcio Cozendey, Chefe do Departamento Econômico do Itamaraty. Conforme Cozendey, concluímos que temos uma boa causa e vamos levá-la avante.

A Reuters lembra, a propósito, que em maio deste ano a UE adotou regras que restringem as vendas de produtos elaborados a partir da carne de frango congelada. Defendendo-se, Bruxelas afirma que as medidas adotadas alcançam apenas seus próprios produtos, mas o Brasil argumenta que as restrições afetam fornecedores de terceiros países não integrantes da UE. Eles somente conseguem acessar aquele mercado através do frango congelado.

Uma prova disso está nos números das exportações brasileiras destinadas à UE no primeiro semestre de 2010. Elas ficaram em somente 206 mil, recuando perto de 20% em relação ao mesmo período de 2009.

De acordo com o Chefe do Departamento Econômico do Itamaraty, o governo brasileiro deverá apresentar o pedido de abertura de panel à OMC ainda este ano. No momento a ação está sendo detalhada, ao mesmo tempo em que se calculam as perdas enfrentadas pelo setor exportador.
Tags:
Fonte: AviSite

Nenhum comentário