EM 90 DIAS SUINOCULTOR PERDE MEIA SACA DE MILHO POR ARROBA

Publicado em 09/11/2010 17:18
298 exibições
Apesar das últimas altas, custo do milho preocupa setor.

 

 

A Associação Paulista de Criadores de Suínos, através de seu presidente, Ferreira Júnior, demonstra preocupação com o custo de produção do suíno vivo no Estado de São Paulo.

Segundo ele, há noventa dias atrás, ou melhor, no inicio de agosto de 2010, o criador de suínos estava vendendo no patamar de R$ 51,00/@, contra uma saca de milho em torno de R$ 18,50/SC de 60 quilos. Desta forma a relação de troca era de 2,76: 1. Uma arroba suína comprava 2,76 sacas de milho.


Entretanto, hoje (09/11/2010), a situação mudou muito, apesar das altas no preço do suíno vivo. Ferreira Júnior confirma negócios efetuados entre R$ 65,00 a R$ 67,00/@. Considerando um preço médio de R$ 66,00/@, contra um preço da saca de milho em torno de R$ 29,00/SC, ou seja, uma relação de troca de 2,27: 1.


Isso demonstra uma perda no poder aquisitivo do criador de 0,5 sacas de milho a menos que ele está comprando com os últimos resultado do comportamento do mercado. Ferreira enfatiza, já estamos abaixo da relação histórica entre suíno e milho, apesar de estarmos no auge dos preços nominais tanto do suíno quanto do milho. 

-- "Mercado em comportamento de perda de parâmetros", disse o Ferreira.

Tags:
Fonte: Ass. APCS

Nenhum comentário