IBGE: 10 estados detêm 90% do plantel brasileiro de frangos

Publicado em 29/11/2010 08:10 184 exibições
Divulgados na semana passada, os resultados finais da Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM) 2009, do IBGE, mostram que 10 estados (três do Sul, dois do Sudeste, 3 do Centro-Oeste; 2 do Nordeste) detinham, então, 90% do plantel brasileiro de frangos. O índice praticamente coincide com o do próprio setor avícola (pintos de corte da APINCO), que apontou para os mesmos 10 estados alojamento correspondente a 90,8% do total nacional no ano que passou.

Nessa Pesquisa – na realidade, um censo dos animais em criação no dia 31 de dezembro de 2009 – o IBGE detectou a existência de, aproximadamente, 1,025 bilhão de cabeças de frango, volume 3,1% superior ao registrado um ano antes, na mesma data.

O plantel encontrado – ressalte-se – nada tem a ver com a produção brasileira: refere-se, apenas, aos animais em criação na data do censo (31/12), o que pressupõe que envolveu apenas aves entre um e 45 dias de idade, em média (o quesito “frangos” do IBGE abrange também galos; mas o número destes é insignificante frente às aves criadas especificamente para corte – frangos, frangas e pintos de um dia).

O esclarecimento é necessário porquanto os resultados da contagem diferem, por exemplo, do censo dos bovinos, animais com bem mais de um ano de vida. Neste caso, o censo reflete efetivamente a variação do plantel de um ano para outro, o que não ocorre com o frango, que tem um ciclo de criação bem mais curto e cujos abates podem ser antecipados ou retardados conforme as necessidades de mercado. Em função disso, até mesmo a posição de um estado pode apresentar alterações significativas de um censo para outro.

Em resumo, as variações ocorridas no plantel de aves são aplicáveis exclusivamente à data do censo, não significando aumento ou redução do volume em produção no decorrer do ano. Não há dúvida, porém, de que os números levantados apontam, com significativa precisão, onde se desenvolve a produção brasileira de frangos.

Tags:
Fonte:
AviSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário