Alemanha encontra dioxina em carne suína, além de aves

Publicado em 12/01/2011 09:34 200 exibições
Autoridades alemãs revelaram nesta terça-feira (11) que a substância química altamente tóxica dioxina foi encontrada não apenas em produtos à base de frango, mas também em carne de porco, o que vai ampliar a abrangência do alerta de saúde já emitido.

As autoridades alemãs e da União Europeia estão lidando com um alerta que começou em 3 de janeiro, quando autoridades alemãs disseram que ração contaminada com dioxina foi dada a frangos e porcos, contaminando os ovos e a carne de frango nas fazendas afetadas.

As autoridades do Estado da Baixa Saxônia, no norte do país, disseram nesta terça-feira que a carne suína de uma fazenda de criação de suínos revelou níveis de dioxina superiores aos permitidos. Várias centenas de porcos da fazenda foram abatidos, e sua carne foi destruída.
Amostras de carne suína de outra fazenda revelaram níveis de dioxina dentro dos permitidos, disse o Estado.

Promotores alemães investigam a causa da contaminação e, especificamente, se a empresa Harles & Jentzsch, de rações e gorduras industriais, distribuiu para processadores de rações animais ácidos graxos destinados à produção industrial de papel.

Enquanto isso, a associação FeFac, que reúne produtores de rações da UE, disse na terça-feira que está desenvolvendo um novo plano para monitorar a dioxina na cadeia de fornecimento da gordura para rações.

A FeFac também reiterou sua recomendação de separação física rígida entre a produção de gorduras para finalidades industriais e técnicas e a produção de gorduras para fins alimentícios.
Autoridades da UE disseram na segunda-feira que algumas rações animais contaminadas foram exportadas para a França e Dinamarca. A Coreia do Sul também restringiu as importações da Alemanha em função do caso, e a Rússia anunciou que também pode tomar medidas.

Tags:
Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário