Ovo x milho: a pior relação de preços dos dois últimos anos

Publicado em 25/01/2011 08:30
A exemplo da carne de frango, o ovo é, em síntese, o resultado da conversão de proteína vegetal (principalmente milho) em proteína animal. Em decorrência, é natural avaliar-se a situação econômica do produto relacionando-se o seu preço ao de sua principal matéria-prima.

Para os produtores de ovos, a situação ideal do produto é alcançada quando uma caixa de ovos consegue adquirir duas sacas de milho. O cálculo, claro, é simplista, pois apresenta distorções (por exemplo, se o preço dos dois produtos estiver extremamente desvalorizado) mas, pelo menos, aponta as condições de compra (capacidade aquisitiva) do maior item de custo do ovo.

Isso considerado, a melhor relação de preços ovo x milho dos dois últimos anos foi obtida em março de 2009, mês em que uma caixa de ovos permitiu adquirir 1,96 saca de milho. E isso ocorreu, note-se, pela conjuminação de dois fatores favoráveis ao setor de postura: início da safra do grão coincidindo com o período de Quaresma.

A mesma conjuminação voltaria a ocorrer exatamente um ano depois. Mas sem que se atingisse a mesma capacidade de compra anterior: em março de 2010 uma caixa de ovo adquiriu 1,88 saca de milho.

Esse índice se manteve relativamente estável nos três meses seguintes mas, a partir de julho, passa a sofrer forte e contínua redução, agora pela conjuminação de dois fatores desfavoráveis ao setor: a entressafra do grão coincide com o período em que a produção de ovos aumenta naturalmente.
Em outras palavras, não é só o milho que vem se valorizando: o ovo também seguiu um caminho inverso. Tanto que o valor médio alcançado agora em janeiro corresponde ao pior patamar dos últimos 12 meses (ou seja, só está acima do que foi registrado em janeiro de 2010), além de apresentar desvalorização superior a 10% em relação ao valor médio alcançado em junho de 2010, ocasião em que foram registrados os melhores preços do ano que passou.

A ligeira reversão observada em dezembro passado foi sazonal, isto é, devida apenas ao mês de Festas. Porque a perda do poder de compra prossegue de forma inexorável. Assim, a despeito de uma leve valorização do ovo neste mês, considerados os preços médios alcançados pelo milho na semana passada, a terceira de janeiro, uma caixa de ovos foi insuficiente para adquirir sequer uma saca de milho. Porque enquanto pagou até R$33,00 por uma saca de milho, o produtor recebeu, na granja, em média, R$30,50 por caixa de ovos.

Tags:
Fonte:
AviSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário