Desempenho do ovo na terceira semana de março

Publicado em 21/03/2011 08:50 194 exibições
A expectativa era a de que, depois de experimentar valorização (embora pequena) logo na primeira semana do mês, voltando a ganhar quase 10% na semana seguinte, a do Carnaval, o ovo entrasse em período de estabilização, mesmo porque estava se iniciando a segunda quinzena, momento em que, quase invariavelmente, consumo e preços sofrem refluxo.

Mas que nada: na terceira semana de março o ovo voltou a obter reajuste de preços – da ordem de 4% - e, dessa forma, entra na penúltima semana de março com uma de suas melhores cotações de todos os tempos.

Mesmo assim, por ora, a média registrada no mês não é das melhores, ainda que seja cerca de 15% superior à registrada em março de 2010. É que, há um ano, o preço do produto apresentou redução de quase 13% em relação a março de 2009. Isso quer dizer que o valor médio atual se encontra apenas 0,1% acima do alcançado há dois anos, o que significa que não cobre a inflação do período e, muito menos, a evolução de custo da principal matéria-prima do setor, o milho, que nesse espaço de tempo acusa aumento de mais de 60% (R$20,63/saca em março de 2009).

Mas não só isso, infelizmente. Pois em março de 2009 o preço médio alcançado pelo ovo ficou 7% abaixo daquele registrado um ano antes.Em resumo, pois, o “excepcional” preço atual continua aquém do registrado há três anos, em março de 2009. Não só em valores reais, mas também nominais.

Tags:
Fonte:
AviSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário