Carne de frango: preço interno quase empata com o do mercado externo

Publicado em 08/04/2011 10:54 227 exibições
 Comparados os preços médios alcançados pela carne de frango exportada (valores apontados pela SECEX/MDIC para o produto in natura, exclusivamente) com aqueles registrados internamente (valores dolarizados do frango abatido resfriado no grande atacado da cidade de São Paulo), constata-se que nos nove meses decorridos entre julho de 2010 e março de 2011 o valor médio obtido no mercado interno aumentou 51%, contra um incremento de apenas 16% no preço médio do produto exportado.

Isso reflete a boa valorização da carne de frango a partir do momento em que a carne bovina começou a escassear além do que seria normal em um período de entressafra. Mas também gera situação desestimuladora das exportações, pois deixa o preço interno extremamente próximo daquele obtido no mercado internacional.

Para se ter melhor ideia do que isso representa talvez seja suficiente citar que entre janeiro de 2008 e junho de 2010 o frango in natura exportado alcançou preço, na média, um terço superior ao do mercado interno. Mas no final de 2010 a diferença de preços entre os dois mercados foi inferior a 10%, registrando-se em dezembro passado um adicional de apenas 5,1% no preço do frango exportado em relação àquele comercializado internamente.

Como no primeiro trimestre de 2011 o produto negociado internacionalmente continuou obtendo pequenos ganhos, enquanto internamente se registrava desvalorização em relação aos preços alcançados em dezembro, a diferença a favor do produto exportado voltou a aumentar. Mas ainda se encontra em um patamar preocupante, pois, por exemplo, o valor médio alcançado em março (US$1.925,00/t) ficou apenas 12,6% acima da média registrada internamente (US$1.710,00/t).

Tags:
Fonte:
Avisite

0 comentário