Embarque de carne suína tem queda de 4% até abril

Publicado em 09/05/2011 07:47 241 exibições
As exportações brasileiras de carne suína tiveram leve recuo - 0,6% - em abril passado na comparação com o igual mês de 2010 e somaram 50.944 toneladas, segundo a Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs). A receita cresceu 9,99% na mesma comparação, para US$ 145,41 milhões.

No acumulado do ano, porém, os volumes caíram 4,3% sobre janeiro a abril de 2010, para 169,1 mil toneladas. A receita totalizou US$ 456,5 milhões, alta de 7,16%.

Os exportadores culpam o real valorizado em relação ao dólar pelo cenário das exportações de carne suína. Em abril, houve aumento de 10,66% no preço médio - para US$ 2.854 por tonelada, mas segundo Pedro de Camargo Neto, presidente da Abipecs, os importadores já buscam outros fornecedores mais competitivos, como Estados Unidos e Europa.

"O Brasil continuou com séria distorção cambial que vem facilitando a concorrência predatória com produtos importados e inibindo a competitividade das exportações", diz Camargo, em nota.

As vendas de carne suína para a Rússia, principal cliente do Brasil, caíram 16,95% de janeiro a abril, para 68.220 toneladas. Em receita, a queda foi de 4,41%, para US$ 211,243 milhões. No mesmo período, Hong Kong importou 33,72 mil toneladas do Brasil; a Argentina, 13,33 mil toneladas, e Angola, 11,31 mil toneladas.

Tags:
Fonte:
Valor Econômico

0 comentário