Queda no preço do frango ainda não chegou integralmente ao consumidor

Publicado em 06/06/2011 08:50 234 exibições
Dados do Procon-SP indicam que só na primeira semana de junho corrente é que as baixas experimentadas pela carne de frango desde março passado foram repassadas ao consumidor de forma mais intensiva. Mesmo assim, a redução de preços no varejo continua proporcionalmente menor que a observada no atacado ou ao nível do produtor.

O pico de preços da carne de frango no atacado da cidade de São Paulo em 2011 foi registrado na semana de 10 de março ou, mais exatamente, na semana do Carnaval (R$2,94/kg no grande atacado). A partir daí e por onze semanas consecutivas o retrocesso foi consecutivo até a estabilização em R$2,10/kg em 26 de maio, última semana do quinto mês do ano. Uma redução, portanto, de 28,6%.

No varejo e partindo da mesma data-base, 10 de março, observa-se pequeno refluxo apenas na semana seguinte, após o que ocorreram novas altas. E somente seis semanas depois é que os preços voltam a ser inferiores aos do dia 10 de março. Em decorrência (e como as reduções continuaram sendo proporcionalmente menores que as do atacado), o preço pago pelo consumidor em 26 de maio havia recuado não mais do que 6% em relação ao valor-pico (contra uma redução superior a 28% no atacado.

Já a nova redução observada na primeira semana de junho foi mais sensível (-9,95% sobre a semana anterior). Mesmo assim, a queda em relação ao pico anterior foi de apenas 16% - doze pontos percentuais a menos que no atacado.

Tags:
Fonte:
AviSite

0 comentário