Embarque de suíno cai 4% até maio

Publicado em 08/06/2011 07:58 115 exibições
No momento em que indústrias exportadoras de carnes e governo discutem o que fazer para pôr fim ao embargo da Rússia a 85 estabelecimentos de três Estados brasileiros, a Abipecs (reúne exportadores de carne suína) divulga números que revelam a forte - e preocupante - dependência do mercado russo.

De janeiro a maio, o Brasil exportou 214.101 toneladas de carne suína, 3,88% menos do que em igual intervalo de 2010. A receita com as vendas externas somou US$ 583, 13 milhões, alta de 7,20% na mesma comparação, segundo a Abipecs.

A Rússia comprou 84 mil toneladas de carne suína do Brasil de janeiro a maio, 18,18% menos que um ano antes. A receita também caiu, 7%, para US$ 261,58 milhões. O volume importado pelos russos corresponde a quase 40% das exportações de carne suína. Já a receita equivale a 44,86% do que o Brasil fatura com a exportação de suínos.

Em nota, a Abipecs diz que "a ainda excessiva dependência das exportações de carne suína para a Rússia deve provocar pressão sobre o segmento". Segundo a entidade, é difícil redirecionar linhas de produção para outros mercados ou para o mercado interno, onde o consumo de carne suína in natura ainda é reduzido.

Tags:
Fonte:
DCI

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário