Receita cambial das carnes atingiu novo recorde em junho de 2011

Publicado em 05/07/2011 09:30 236 exibições
Superando o recorde mantido desde abril, a receita cambial das carnes exportadas pelo Brasil atingiu em junho passado novo e inédito patamar: US$1,159 bilhão, valor 8,02% e 15,73% superior àqueles registrados, respectivamente, no mês anterior (US$1,073 bi em maio/11) e no mesmo mês do ano anterior (perto de US$1,002 bi em junho/10).

Não necessariamente, o recorde pode ter sido impulsionado pelo embargo russo a abatedouros brasileiros (aceleração dos embarques no período anterior à vigência do embargo, em vigor desde 15 de junho).

Aponta nessa direção, por exemplo, o fato de os embarques de carne suína terem alcançado seu maior volume em mais de um ano e meio, ou seja, desde novembro de 2009. Ou, então, o fato de o volume de carne bovina do mês ter aumentado mais de 20% em relação ao mês anterior.

Porém, em comparação ao mesmo mês do ano passado, os embarques de carne bovina apresentaram redução quase na mesma proporção (-19,4%), enquanto os embarques de carne de frango registraram evolução de apenas 1,15%. Com isso – e a despeito do volume de carne suína ter aumentado 11,2% - o volume total do mês recuou 2,37% em relação a junho de 2010.

Esses resultados, divulgados pela SECEX/MDIC, referem-se apenas às carnes in natura.

Tags:
Fonte:
Avisite

0 comentário