Cai o ritmo de variação anual dos preços do frango

Publicado em 13/07/2011 09:10 231 exibições
Em 2010 o frango – vivo ou abatido – teve desempenho simplesmente medíocre entre janeiro e julho. Naqueles sete meses, sem nenhuma exceção, a remuneração obtida pelo produto foi inferior à de idêntico período de 2009. Assim, o valor médio alcançado ao longo do período ficou quase 13% abaixo da média registrada entre janeiro e julho de 2009.

Foi então que começou a ocorrer a explosão de preços da carne bovina. E o frango seguiu no rabo do boi. A ponto de, já em agosto, registrar-se o primeiro resultado positivo do ano – modesto, é verdade, mas ainda assim positivo. Depois, vieram as variações extremadas: +40% de variação anual em setembro, +25% em dezembro, quase 35% a mais em março deste ano.

Mas esse processo, tudo indica, já está superado. E a tendência, doravante, é a de se registrarem índices de variação menos sensíveis, eventualmente até negativos. Em julho, por exemplo, deve-se enfrentar a menor variação anual dos últimos 12 meses - quase com certeza, menos de 10% de acréscimo em relação a julho de 2010.

Isso, naturalmente, tira o frango da berlinda – ao menos como um dos responsáveis pela inflação dos alimentos. Mas não resolve a situação onerosa do avicultor, que continua obtendo remuneração inferior aos custos de produção.

Tags:
Fonte:
Avisite

0 comentário