Suinocultura em busca de soluções

Publicado em 14/07/2011 10:42 269 exibições
A suinocultura brasileira está passando por um momento delicado. Produtores de suínos de todo o Brasil sofrem com o alto custo do milho e da soja, principais componentes da ração usada para alimentar as criações. Em junho, um dos piores meses para os suinocultores, o quilo do suíno vivo chegou a ser vendido por R$ 1,70 no Paraná, quando seria necessário receber, pelo menos, R$ 2,50 para não ter prejuízo. Esse cenário desestimulou os produtores e fez com que alguns desistissem da atividade, mas a situação parece estar melhorando.

Durante esta semana, os presidentes da Associação Paranaense de Suinocultores (APS) e Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS), Carlos Francisco Geesdorf e Losivanio Luiz de Lorenzi, respectivamente, estiveram em Brasília discutindo os anseios e as dificuldades do setor no Senado, na Casa Civil, na Câmara dos Deputados e no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Em reunião com a Frente Parlamentar da Agropecuária na Câmara dos Deputados nesta terça-feira, dia 12, os principais assuntos tratados foram a liberação de milho para os produtores através da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), renegociação das dívidas, projeto de lei para regulamentar os contratos de integração, Código Florestal, além de campanhas de incentivo ao consumo da carne suína e redução dos preços nos mercados.

Segundo o presidente da APS, este foi apenas o primeiro passo para fortalecer o setor novamente. “Firmamos um acordo tácito de ir municiando a Frente Parlamentar com as informações de relevância do setor para que este trabalho prossiga e fomos convidados a continuar participando das reuniões na Câmara, todas as vezes que for possível e necessário de nossa parte”, afirmou Geesdorf.

O presidente lembrou também da importância da união no setor. “Passamos por um período de crise e solicitamos aqueles que não participaram anteriormente, que se unam pelas causas da suinocultura e aos que participaram agradecemos, principalmente todos os deputados que se empenharam em ajudar na solução das causas da atual crise”, completou.

Tags:
Fonte:
AI APS

0 comentário