Distribuição do volume de frangos inspecionados no Brasil, segundo o IBGE

Publicado em 04/10/2011 10:51 265 exibições
Os aumentos, combinados, de 7,10% no número de cabeças abatidas e de pouco mais de 1% no peso médio fizeram com que a produção de carne de frangos inspecionados do primeiro semestre de 2011 ficasse 8,2% acima da registrada no mesmo período do ano passado.
Mas enquanto, pelo conceito do número de cabeças abatidas, as três primeiras posições foram ocupadas por Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, ao considerar-se o peso resultante desses abates o terceiro colocado acaba sendo São Paulo.

Consequência, claro, da grande expansão no número de cabeças abatidas (fato já comentado na análise anterior), mas também de um peso unitário médio significativamente maior que o registrado no Rio Grande do Sul.

O aumento de 8,2% registrado no semestre correspondeu a um adicional de 428,6 mil toneladas de carne de frangos inspecionados. Nesse adicional, os sete maiores produtores foram responsáveis por 92% do total. No período, apenas duas UFs – Mato Grosso do Sul e Sergipe – reduziram sua produção.

Vale notar, repetindo informação anterior, que quatro UFs – Rondônia, Acre, Tocantins e Distrito Federal – tiveram sua produção desidentificada, pois contam com menos de três abatedouros. Mas isso não significa que estejam nas posições finais apontadas pelo quadro.

Tags:
Fonte:
Avisite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário