Feijão: Clima adverso no Sul e Sudeste reflete altas de até 250% em MT

Publicado em 23/01/2012 10:15 e atualizado em 23/01/2012 12:10 717 exibições
O mau desenvolvimento das lavouras de feijão nas regiões Sul e Sudeste faz com que muitos revendedores de Mato Grosso aumentem suas ofertas de compra. A saca de 60 quilos que chegou a custar R$ 60 é vendida hoje por até R$ 220, um aumento equivalente a 250%.

A adversidade climática em regiões produtoras, como a intensa seca no Paraná e Rio Grande do Sul e o excesso de chuvas em São Paulo e Minas Gerais, principais fornecedores de Mato Grosso,  é o motivo para tanta oscilação.

No Mercado do Porto, o quilo da mercadoria já vale cerca de R$ 4,50, o que antes era facilmente comprado por 80 centavos. Alguns donos de bancas acreditam que a tendência agora é de queda.

Consequentemente, a alta dos preços também já atinge o consumidor final, que pagava entre R$ 2 e R$ 3 pelo quilo e hoje não encontra a mercadoria por menos de R$ 4 nos supermercados e feiras.

Tags:
Por:
Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário