Trigo: Negócios melhoram, mas preço não reage

Publicado em 15/02/2012 09:51 497 exibições
As negociações no mercado interno de trigo voltaram a se aquecer nos últimos dias, à medida que compradores necessitam adquirir o produto para recebimento dos prêmios governamentais. Mesmo assim, os preços não têm reagido, de acordo com dados do Cepea. Em nível mundial, dados do USDA apontam oferta acima da demanda, contribuindo para elevação dos estoques de passagem. Para a Argentina, há expectativas de crescimento das exportações, mesmo que a produção diminua. Nos últimos dias, agentes sinalizaram que os leilões de PEP (Prêmio para o escoamento de trigo em grão) e de Pepro (Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural e/ou à sua cooperativa) não estão mais agradando tanto compradores, que diminuíram um pouco o interesse na última edição. Ao mesmo tempo, com a boa presença de agentes nos leilões anteriores, agora há necessidade de compra do grão no físico e escoamento para regiões deficitárias ou para exportação. Somente neste ano, já foram negociados em leilões prêmios para 875,71 mil toneladas de trigo, representando 15% da produção colhida em 2011.
Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário