Governo confirma programa para endividamento arrozeiro

Publicado em 30/11/2012 07:39 381 exibições
Dívidas que estão na GERAT do Banco do Brasil poderão ser incluídas.
A agenda da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) em Brasília, nessa quarta-feira (28), trouxe novidades importantes para o setor. A principal delas é a confirmação, pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) de que até o final do ano deve estar concluído e ser anunciado o Programa de Refinanciamento das Dívidas do Setor Arrozeiro, atualmente em avançadas tratativas com o Ministério da Fazenda.

Além de repactuar as dívidas referentes a custeio e investimento, aquelas que estão na Gerência de Reestruturação de Ativos (Gerat) do Banco do Brasil - poderão ser incluídas no programa. Os temas foram tratados com o ministro substituto do MAPA, José Carlos Vaz, e com o diretor de Crédito Rural do Banco do Brasil, Clenio Teribele. “Ambos consideraram esta possibilidade viável e foram muito receptivos”, afirma Renato Rocha. 

No MAPA, os arrozeiros reforçaram a necessidade da retomada das negociações com os países do MERCOSUL para cotas de importação e apoio para maior agilidade na proposta de equalização do ICMS em 4%. 

Junto à Câmara Setorial do Arroz, a Federação conseguiu a aprovação do encaminhamento de pedido ao MAPA para a liberação da subvenção ao prêmio relativo ao Seguro Agrícola. 

LEILÕES - Arrozeiros e industriais representados na Câmara Setorial do Arroz também fecharam posição unânime pela suspensão dos leilões de arroz dos estoques da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). “Foi uma das raras vezes que houve consenso entre indústria e produtores em alguma demanda referente à intervenção do governo no mercado. Ambos consideram que, neste momento, está sendo prejudicial a Cadeia Produtiva, cabe agora ao Governo tomar a decisão”, argumenta Renato Rocha. Além do vice-presidente da Federarroz na Planície Costeira Interna, Daire Coutinho, que participou de todas as audiências e reuniões, acompanharam a Renato Rocha no MAPA o prefeito de Restinga Sêca, Tarcizo Bolzan, e o vice, Paulo Salerno.
Tags:
Fonte:
Federarroz

0 comentário