Setor insiste na suspensão dos leilões de arroz

Publicado em 08/01/2013 18:32
281 exibições

O deputado federal Luis Carlos Heinze (PP/RS) participa de reunião nesta quarta-feira, dia 9, em Brasília, com os secretários executivo do Ministério da Agricultura, José Carlos Vaz, e de Política Agrícola, Neri Geller. O parlamentar gaúcho vai cobrar a suspensão dos leilões dos estoques públicos de arroz.

Heinze disse estar preocupado com a possibilidade de queda no preço pago pela saca de arroz. Segundo ele, a excessiva oferta do grão em posse do governo com valores abaixo dos praticados no mercado, não promoveu reflexos nas prateleiras dos supermercados e poderá influenciar negativamente na remuneração do orizicultor. Os prejudicados sempre estão nas pontas. O produtor recebe menos e tem dificuldades em honrar seus compromissos e o consumidor desembolsa mais. Entendemos que não é mais momento do governo intervir. A colheita da nova safra já se avizinha e o preço irá se ajustar naturalmente, expõe.

A reunião está marcada para as 11 horas, no 8º andar do edifício principal do Ministério da Agricultura, em Brasília.

LEILÕES:
No último pregão realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento Conab no dia 4 de janeiro, foram ofertadas 69,9 mil toneladas e negociadas 45,4 mil toneladas de arroz 64,92%. Pela média, o preço máximo da saca atingiu R$ 30,96 e o mínimo R$ 26,62. Um novo leilão com 14 mil toneladas está marcado para o próximo dia 10 de janeiro.
Tags:
Fonte: AI deputado Luis Carlos Heinze

Nenhum comentário